MENSAGEM DE VOZ

SRs. PAIS E RESPONSÁVEIS, MAIS UMA FERRAMENTA DE COMUNICAÇÃO, VEJA AI AO LADO, "SEND VOICEMAIL" TRADUZINDO "ENVIAR MENSAGEM DE VOZ". É BEM FÁCIL UTILIZAR . PARA QUE A SUA MENSAGEM DE VOZ SEJA GRAVADA, VOCÊ PRECISARÁ TER UM MICROFONE CONECTADO AO COMPUTADOR. A FERRAMENTA PODERÁ SER UTILIZADA PARA ENCAMINHAR QUALQUER MENSAGEM DE VOZ PARA O ADMINISTRADOR DO BLOG.

sábado, 29 de março de 2008

Consulta à comunidade para Diretor (a) Geral CP2.



ATUALIZADO DIA 13/06/2008.

Rio, 16/06/2008.


Boa noite a todos.


RESULTADO DA CONSULTA AO CARGO DE DIRETOR GERAL DO COLÉGIO PEDRO II.



Profª Veria Maria ==> 57%

Profº Manoel ==> 39%


Portanto, a comunidade escolar livremente escolheu para ser Diretora Geral do Colégio Pedro II,a profª Vera Maria Rodrigues.

PARABÉNS PROFª VERA MARIA RODRIGUES.

Veja a tabela OFICIAL da apuração do 2º turno.

ATENÇÃO: Dê um clique dentro da tabela que a mesma será ampliada.





Um abraço.

Ribamar.

******************************************

ATUALIZADO DIA 08/06/2008.

Bom dia a todos.

Agora é oficial, a Comissão Eleitoral reunida na 2ª feira, dia 02/06/08, decidiu o seguinte sobre a solicitação da manutenção do cadastramento para o 2º turno dos pais, mães e responsáveis, eis a resposta.

" Sendo assim, a Comissão Eleitoral redigiu um documento em resposta aos pais, negando o pedido."

A Comissão fez sua escolha, espero que tenha sido a melhor, agora é esperar o 2º turno da consulta e escolher o melhor para o nosso Colégio Pedro II.

Um abraço.

Ribamar.

*******************************************************

ATUALIZADO DIA 02/06/2008.

Rio, 01/06/2008.

Boa tarde a todos.

Ontem, dia 31/05/2008, marquei presença no debate promovido pela APA E.N.

Finalmente o nosso segmento esteve maciçamente presente, e pode avaliar os dois candidatos habilitados para a consulta ao cargo de Diretor Geral do Colégio Pedro II.

Antes do início do debate, a profª Márcia Maretti, que é a presidente da Comissão Eleitoral 2008, me chamou para uma conversa.

Perguntou-me o “ Por quê” de divulgar a informação sobre o cadastramento dos pais, uma vez, que em sua avaliação o cadastramento está encerrado.

Respondi apenas que conforme estabelece a Portaria 371 de março de 2008, emitida pelo atual Diretor Geral do Colégio Pedro II, os pais, mães e responsáveis legais podem se cadastrar até 96 horas antes do 1º dia de votação.

Durante o debate, a profª Márcia Maretti, fez uma fala sobre este assunto , apresentando sua avaliação acerca do cadastramento dos pais.

Como apenas a profª Márcia Maretti falou, então, resolvi disponibilizar/esclarecer alguns FATOS, REGRAS, que estão vigorando sobre a consulta ao cargo de Diretor Geral do Colégio Pedro II.

A REGRA.

Portaria nº 371 de 07 de Março de 2008.

Esta portaria foi emitida pelo Sr. Rui March, Diretor Geral do Colégio Pedro II, que tem a ATRIBUIÇÃO de INSTITUIR as normas do processo de escolha, pela comunidade escolar do Diretor Geral do Colégio Pedro II e, que RESOLVEU confiar a uma Comissão Eleitoral a condução do processo de consulta.

É importantíssimo esclarecer mais uma vez, o nosso segmento NÃO FOI CONSULTADO, NÃO FOI CONVIDADO À PARTICIPAR da reunião que definiu as regras da mencionada portaria.

E como foram decididas as regras:

Em algum local do prédio da Direção Geral do Colégio Pedro II, reuniram-se, O diretor Geral do Colégio Pedro II, o representante do SINDSCOPE ( sindicato dos servidores do CP2), o representante da ADCPII (associação dos docentes do CP2), o representante dos alunos e assim DEFINIRAM E DELIBERAM AS PRINCIPAIS REGRAS DA CONSULTA ao Cargo de Diretor Geral do Colégio Pedro II.

Dentre vários artigos definidos e deliberados pelos membros acima citados, vamos mencionar alguns que entendemos mais importantes,estes, estão ligados diretamente a definição da participação dos responsáveis, ou seja, do colégio eleitoral, da paridade e a ponderação dos votos.

Do Colégio eleitoral.

Art 4º - O Colégio Eleitoral será composto pelos servidores ativos permanentes, docentes e técnico-administrativos em educação, bem como alunos a partir do 8º ano, inclusive, e os responsáveis legais pelos alunos do 1º ao 7º ano do ensino fundamental.

Portanto, como já mencionado acima, a participação dos pais, mães e responsáveis legais, na consulta ao cargo de Diretor Geral do CP2, foi definida sem a presença e consulta aos responsáveis.

Ainda importante mencionar que, conforme o art4º, a nossa participação foi LIMITADA, foi CERCEADA, pois, os já citados acima, quando definiram o COLÉGIO ELEITORAL, deliberaram que somente votariam os responsáveis por alunos do 1º ao 7º ano do ensino fundamental.

O fato é, com a deliberação tomada pelos membros que participaram da reunião que definiu as regras para consulta ao Cargo de Diretor Geral do Colégio Pedro II, Portaria 371 de 07 de Março de 2008, simplesmente.........

NÃO PARTICIPARAM APROXIMADAMENTE 5000 – CINCO MIL RESPONSÁVEIS,ou seja, DEIXARAM DE ENTRAR NAS URNAS APROXIMADAMENTE 5000 – CINCO MIL VOTOS.


De como participar.

Da paridade e ponderação dos votos entre os 4 segmentos.

Em nosso entendimento, para que pudesse haver paridade e a ponderação/peso dos votos entre os 4 segmentos, o ocorreto seria atribuir 25% para cada segmento e peso igual entre os mesmos. Isto não existiu, pois, os que participaram da reunião que definiu a regra da “paridade e ponderação dos votos ”, tomaram outra direção, veja:

“” Art 7º .... observado-se o peso de DOIS TERÇOS para a manifestação dos servidores e de UM TERÇO para a manifestação dos corpos discentes/pais e/ou responsáveis em relação ao total do universo consultado.

Percebam que os servidores ficaram com 66,66% e os alunos e responsáveis, com 33/33%, portanto um peso completamente diferente entre os 4 segmentos que compõem a comunidade do Colégio Pedro II.



Antes, é importante frisar, a Portaria 371/2008, definiu os principais pontos sobre a consulta ao Cargo de Diretor Geral, a mesma, não menciona ABSOLUTAMENTE NADA, sobre a realização da consulta ser realizada em uma ÚNICA VOTAÇÃO, ou em dois ou mais turnos.

Daí, o artigo que estabeleceu como os responsáveis poderiam participar da consulta ser abrangente, sem mencionar nada de votação única e muito menos de haver dois ou mais turnos.

Importante mencionar, foi o representante do Sindscope, que trouxe a proposta da consulta em dois turnos para o Cargo de Diretor Geral do Colégio Pedro II, que contou com a deliberação favorável da sra. Márcia Maretti e da representante dos alunos.

Veja como foi editada o parágrafo.

Parágrafo 2º do art4º da Portaria 371 de 07 de março de 2008.

“ O pai, a mãe ou o responsável legal pelos alunos deverá cadastrar-se como eleitor até 96 horas antes do primeiro dia de votação na unidade escolar onde seu filho regularmente matriculado”.

É isso que está definido na portaria, portanto, podemos nos cadastrar normalmente para a consulta que será realizada no dia 11/06/2008, porém devemos fazer o cadastramento até a próxima 6ª feira, dia 06/06/2008.

Estes são os fatos, são as regras.

Então Porque a profª Márcia Maretti tem entendimento de que o cadastramento dos pais, mães e responsáveis não pode ser mais realizado.

Baseado em qual regra da Portaria 371 de março de 2008, a profª Márcia tem firmada sua convicção?

Nós os responsáveis, através de nosso representante na Comissão Eleitoral, tentamos sem êxito, por várias reuniões da comissão, demonstrar que não haveria necessidade do nosso cadastramento, inclusive foram entregues vários documentos à comissão, solicitando que fosse revista este ponto. Porém, todas, absolutamente todas as deliberações que ocorreram na comissão eleitoral sobre este assunto, foram contra a revisão deste ponto, a profª Márcia Maretti, o representante do sindscope e a representante dos alunos, VOTARAM CONTRA.

Inclusive a profª Márcia Maretti relata que as entidades se reuniram e deliberaram que nada poderia ser mudado na Portaria nº 371/2008, justificando que as regras do jogo não podem ser alteradas com o jogo em andamento (ver ATA da 24ª reunião da comissão eleitoral).

Portanto srs. Responsáveis, tomando por base as falas das entidades mencionadas pela Profª Márcia Maretti, o CADASTRAMENTO DOS RESPONSÁVEIS foi definido por portaria e, como tal não poderá se mudado, pois O JOGO ESTÁ SENDO JOGADO e, NÃO SE PODE MUDAR SUAS REGRAS COM O JOGO EM CURSO.

Finalizando, é LEGÍTIMO que o nosso segmento possa se cadastrar para a votação que ocorrerá dia 11/06/2008, pois está previsto na regra do JOGO, conforme portaria 371 de 07 de março de 2008.

Obs.: Devemos nos cadastrar até o dia 06/06/2008 na secretaria da unidade escolar onde está matriculado nosso filho(a).

Agora, a Comissão Eleitoral estará reunida na próxima 2ª feira, dia 02/06/2008 às 14h na unidade escolar São Cristóvão para discutir sobre o assunto.

Está nas mãos da Comissão Eleitoral definir para qual lado estará caminhando, esperamos que escolha o lado CORRETO, do LEGAL, do LEGÍTIMO, principalmente do que está escrito na Portaria.

O JOGO ESTÁ SENDO JOGADO, E AS REGRAS SÃO PARE SEREM CUMPRIDAS POR TODOS.

Um abraço.

Ribamar.

***************************************************************
ATUALIZADO DIA 30/05/2008.

Rio, 30/05/2008.


Boa noite a todos.


IMPORTANTE:

Os pais, mães e responsáveis PODEM E DEVEM SE CADASTRAR PARA PARTICIPAR da consulta ao cargo de Diretor Geral do Colégio Pedro II.

É isso mesmo, conforme estabelece a PORTARIA 371 de 07 de Março de 2008, em seu Artº4, parágrafo 2º, veja:

“ 2º - O pai, a mãe ou o responsável legal pelos alunos deverá cadastrar-se como eleitor até 96 horas antes do primeiro dia de votação na Unidade Escolar onde seu filho estiver regularmente matriculado.”

Então, como o primeiro dia de votação é o dia 11/06/2008, nós, os responsáveis teremos até o dia 06/06/2008, para realizar o nosso cadastramento.

Então srs responsáveis, procure a secretaria da unidade escolar onde seu filho está matriculado e faça seu cadastramento.

Um abraço

Ribamar.

*********************************************************

ATUALIZADO DIA 26/05/2008.

Resultado OFICIAL do 1º turno, da consulta ao cargo de Diretor Geral do Colégio Pedro II, homologado pela Comissão Eleitoral 2008.

1ª Colocado - Profª Vera Maria Rodrigues - 25,94%

2º Colocado - Profº Manoel - 22,30%

3º Colocado - Profº Everardo - 19,33%

4º Colocado - Profº Dimuro - 15,69%

5º Colocado - Profº Oscar - 15,26%


Conforme estabelecido pela Comissão eleitoral 2008, como não houve maioria, ou seja, 50% mais um, será realizado uma nova consulta (2º turno) e, apenas os dois candidatos mais votados participarão.


*************************************************************

ATUALIZADO DIA 18/05/2008.

RESULTADO NÃO OFICIAL DA CONSULTA AO CARGO DE DIRETOR GERAL DO COLÉGIO PEDRO II.

1º LUGAR - PROFª VERA MARIA RODRIGUES.

2º LUGAR - PROFº MANOEL.


Serão este dois candidatos que estarão na consulta que ocorrerá agora, no 2º TURNO.

Tão logo tenhamos o resultado OFICIAL, estaremos disponibilizado-o.

Um abraço.

****************************************************

ATUALIZADO DIA 30/04/2008

Boa noite a todos.

SENHORES RESPONSÁVEIS:

Infelizmente o nosso segmento deverá se cadastrar para participar na consulta que informará a comunidade, os candidatos ao Cargo de Diretor Geral do Colégio Pedro II.


Então, é muito importante nossa participação, ainda que a mesma tenha sofrido cerceamento à participação, ainda que a mesma tenha o voto com peso diferenciado, mesmo assim é FUNDAMENTAL A NOSSA PARTICIPAÇÃO. Abaixo a carta que foi encaminhada através de nossos filhos,para todos os responsáveis que podem e devem votar.


ATENÇÃO: O CADASTRAMENTO PODERÁ SER FEITO ATÉ O DIA 09/05/2008.


"Rio de Janeiro, 15 de abril de 2008

Caro responsável,

Nos próximos meses, será realizada uma consulta para o cargo de Diretor-Geral do Colégio Pedro II. É a terceira consulta direta na história do Colégio e a segunda em que os pais poderão votar.

Neste processo, votam os servidores ativos, os alunos a partir do 8º ano do Ensino Fundamental (inclusive) e os pais/ responsáveis por alunos do 1º ao 7º ano do Ensino Fundamental que se cadastrarem para participar da consulta. Juntos, escolheremos o Diretor-Geral do Colégio Pedro II. É muito importante a sua participação!

Para votar, um único responsável por família deverá se cadastrar na Secretaria da Unidade Escolar onde está matriculado o seu filho, no período de 16 de abril a 9 de maio de 2008. Caso o responsável possua mais de um filho na Instituição, ele deverá cadastrar-se na Unidade Escolar do filho mais novo. É imprescindível a apresentação de documento de identidade com foto para fazer o cadastramento. Verifique o horário de funcionamento da Secretaria da Unidade Escolar. Informamos que os servidores que tiverem filhos matriculados no Colégio Pedro II votam apenas no seu segmento funcional.


Cadastre-se, converse com seu filho e com os professores, vá ao debate organizado na sua Unidade, conheça os candidatos. Os documentos relativos a este processo estão disponíveis no site do Colégio Pedro II (www.cp2.g12.br).

Vote consciente. Você pode ajudar a construir um Colégio Pedro II melhor!"


***************************************

Rio, 14/04/2008.

OS CANDIDATOS AO CARGO DE DIRETOR GERAL DO COLÉGIO PEDRO II.

As informações dos candidatos, foram extraídas de seus respectivos folhetos distribuídos durante a realização do 1º debate ocorrido no dia 11/04/2008, na unidade Engenho Novo.


1 - Vera Maria Ferreira Rodrigues. (licenciada da secretaria de ensino do CP2).

A Profª Vera, é ex-aluna do CP2, é professora de matemática, formada pela UERJ, e pós-graduada em educação matemática, foi admitida no quadro permanente de docentes do CP2 por aprovação em dois concursos públicos.

Ministrou aulas na unidade centro do CP2 por cerca de vinte anos, exerceu funções de coordenação até assumir a Direção daquela unidade educacional no ano de 1992 até o ano de 2004 quando assumiu a secretaria de ensino, cargo que ocupa até hoje.


2 - Oscar Halac. (licenciado da Direção da unidade educacional Realengo)

O prof.º Oscar, foi estagiário na unidade educação São Cristóvão, lecionando Química. Em 1983 era professor da unidade educacional São Cristóvão.

No ano de 1981, prestou concurso para o CP@ e começou a dar aulas na unidade educacional Humaitá. Já em 1992, trabalhou como secretário de comunicação social do CP2 e professor da unidade educacional Tijuca.

Em 2001, assumiu a direção da unidade educacional Tijuca. Em 2004, implantou a unidade educacional Realengo. Já em 2006, levou o CP2 para Niterói, criando a unidade escolar descentralizada.

E em 2007, participa do projeto de expansão do CP2 para a baixada fluminense, a mais nova unidade educacional em Duque de Caxias.


3 - Manoel de Carvalho Almeida. (licenciado de suas funções de docência)

O profº Manoel de Carvalho, é concursado do CP2 desde 1992.

Chefe de departamento de Língua Portuguesa e Literaturas.

Ex-Diretor, eleito do Colégio Estadual Armando Dias.

É Doutor em Estudos Lingüísticos pela UFF.


4 - Jorge Luiz Rodrigues Dimuro. (licenciado da Direção da unidade educacional Engenho Novo)


O profº Dimuro como é conhecido por todos, é ex-aluno do CP2, é formado pela UFRJ em Licenciatura em Desenho e Plásticas, cursou Bacharelado em Pintura e Arquitetura na mesma universidade.

Prestou concurso público para o CP2 em 1983 para Desenho, ingressando no quadro docente no mesmo ano.

Foi professor regente, coordenador pedagógico de desenho, no ano de 1992 assumiu como Diretor da unidade educacional Engenho Novo, cargo que ocupa até hoje.


5 - Everardo Borges Cantarino. (licenciado do cargo de dirigente sindical)

O prof.º Everardo não distribuiu nenhum folheto com seu perfil, apenas foi distribuído seu programa de administração para o CP2. Tão logo tenhamos o seu perfil, o disponibilizaremos.



****************************************************
ATUALIZADO DIA 09/04/2007 às 21:30

Boa noite a todos.


Coisas muitas estranhas estão acontecendo na Comissão Eleitoral, beirando o absurdo o abuso.

Agora, está “normatizado” pela comissão eleitoral, através da Resolução nº 005/2008, a possibilidade de interromper as aulas de nossos filhos, para que os candidatos façam suas campanhas dentro da sala de aula, no horário de aula.

IMPORTANTE: Até a emissão do informe sobre a resolução nº 005/2008, esta, AINDA NÃO ESTAVA APROVADA PELA COMISSÃO ELEITORAL.
(ler Normas de funcionamento da Comissão Eleitoral).

Então a pergunta que não quer calar....

A quem interessa infringir a regras e publicar documento sem aprovação?


A pegunta é.....

A Direção Geral do Colégio Pedro II, está conivente com isso?

As Direções das Unidades Escolares permitirão isso???

Nosso representante na comissão eleitoral, participou desta deliberação???


Gente que absurdo.

O correto é, a Direção Geral do Colégio Pedro II emitir documento, informando a todos os diretores(as) das unidades escolares, que não será permitido esta situação, pois, NAS SALAS COM OS ALUNOS E SEUS PROFESSORES(AS), É PARA TER AULA. E NÃO PARA SERVIR DE PALANQUE PARA APROVEITADORES E POLITIQUEIROS.


Outro ponto importante, que parece está passando sem que alguém perceba, é sobre o MANDATO do Novo Diretor(a) Geral do Colégio Pedro II.

Até o momento, nos documentos que foram revisados e aprovados pela Comissão Eleitoral, não há nenhum artigo ou mesmo parágrafo tratando do Mandato.

Qual é o motivo da omissão???

Um abraço.

Ribamar.

***********************************************************
Rio, 07/04/2008.


ATUALIZADO DIA 07/04/2008 - às 17:33

Boa tarde a todos.

Abaixo Calendário dos debates.

Obs.: Para ampliar, de um clique dentro da imagem.










Um abraço.

Ribamar.

*********************************************************

Rio, 29/03/2008.


Bom dia a todos.


Estamos retomando o assunto que neste momento é muito importante para a Instituição Educacional Colégio Pedro II, qual seja, a preparação de consulta à comunidade escolar, para escolha do Diretor (a) Geral do Colégio Pedro II. Ao final do processo de consulta, será emitida lista dos candidatos votados no processo, que será entregue ao Diretor Geral do Colégio Pedro II, que encaminhará ao Ministro de Estado de Educação, cabendo a este, a nomeação do novo Diretor (a) Geral do Colégio Pedro II.


Abaixo, estaremos relacionando os documentos oficiais que estão ou estarão norteando todo o processo de Consulta. Os referidos links, estão dispostos ao lado, basta clicar para abrí-los.


1 – Portaria nº 371, de 07 de Março de 2008. Esta Portaria foi emitida pelo Diretor Geral do Colégio Pedro II, profº Rui March.

2 – ATA da 1ª reunião da Comissão Eleitoral de 2008.

2.1 – Normas de funcionamento da Comissão Eleitoral 2008.

3 – ATA da 2ª reunião da Comissão Eleitoral de 2008.

4 - ATA da 3ª reunião da Comissão Eleitoral de 2008.

5 – ATA da 4ª reunião da Comissão Eleitoral de 2008.


Ao longo de todo o processo de consulta, estaremos abordando e discutindo pontos importantes do processo.

Aos que participam do nosso blog, fiquem a vontade para enviar suas sugestões de discussão do processo de Consulta, que as publicaremos, ou se preferirem, podem adicionar seus comentários.


Tema: Definição do Colégio Eleitoral para a Consulta.


Para esta discussão, é importante antes, relembrar como foi definido o Colégio Eleitoral para a Consulta realizada no ano de 2003.

Há de se registrar, a Comissão Eleitoral de 2003, composta de 20 membros, quais sejam, 5 docentes, 5 técnicos administrativos, 5 alunos e 5 responsáveis, foi a responsável pela discussão e votação sobre Colégio Eleitoral.

Veja o que decidiu a Comissão Eleitoral de 2003:

“Do Colégio Eleitoral.

Artº 7º - O Colégio Eleitoral é composto de 4(quatro) segmentos, conforme discriminado abaixo:

I – Servidores docentes pertencentes ao quadro ativo da instituição e lotados no Colégio Pedro II:

II – Servidores técnico-administrativos pertencentes ao quadro ativo da instituição e lotados no Colégio Pedro II;

III – Todos os alunos regularmente matriculados no Colégio Pedro II a partir da 5ª série do Ensino Fundamental, independe da idade;

IV – Pai ou mãe o responsável legal(1 voto por família neste segmento) dos alunos regularmente matriculados na instituição, desde que cadastrados para este fim.


1º - Será eleitor o servidor aposentado do Colégio Pedro II que:

I – Tenha se afastado há, no máximo, 5(cinco) anos; ou

II – Se candidatar; ou

III – Se credenciar para este fim.”


Pois bem, é importantíssimo registrar, duas das mais importantes discussões sobre a definição do Colégio Eleitoral para a Consulta de 2003.

Alunos do Colégio Pedro II:

Na reunião da definição do Colégio Eleitoral, os alunos, exerceram o direito de discutir e votar o que entendiam à época ser o Colégio Eleitoral de seu segmento.


Aposentados do Colégio Pedro II:

Assim como os alunos, os aposentados do Colégio Pedro II, mesmo não tendo um representante na Comissão Eleitoral, foram à Comissão Eleitoral e, justificaram a importância de sua participação no processo de Consulta para Diretor Geral do Colégio Pedro II.


Outro ponto muitíssimo importante foi sobre a Ponderação dos Votos, veja como ficou após as discussões e votação ocorrido na Comissão Eleitoral de 2003.

“Art.10 – A ponderação dos votos se dará a partir da paridade entre os segmentos que compõem o Colégio Eleitoral, discriminado conforme se segue:

a) Segmento docente 25%
b) Segmento técnico-administrativo 25%
c) Segmento discente 25%
d) Segmento de pais/responsáveis 25%


Portanto srs e sras, o que podemos constatar sobre os fatos acima apresentados, é que a responsabilidade na discussão e deliberação sobre o que seria o Colégio Eleitoral , paridade e o peso de cada segmento, foram realizados através das discussões na Comissão Eleitoral de 2003.


Agora, vejamos como foram realizadas a discussões e deliberações sobre o Colégio Eleitoral, paridade e peso que estão norteando as discussões da Comissão Eleitoral de 2008.

Em poucas linhas, a discussão e deliberação sobre o Colégio Eleitoral, Paridade e Peso, foram discutidas entre:

O atual Diretor Geral do Colégio Pedro II, profº Rui March;

ADCPII, associação de docentes do Colégio Pedro II; e

Sindscope, Sindicato dos servidores do Colégio Pedro II.

As APA´s, associação de pais e amigos do Colégio Pedro II não participaram dessa discussão e, não obtivemos informações se estava presente a reunião algum membro do grêmio estudantil.


E você acha que terminou, ah, claro que não, ainda tem mais.

Nessa reunião, ficou deliberado, e posteriormente ratificado pela Portaria nº 371 de 07 de Março de 2008, emitida pelo atual Diretor Geral do Colégio Pedro II, são elas:

Sobre o Colégio Eleitoral.

Obs.: Os artigos abaixo, ou seja, Art 4º e Art.7º, foram extraídos da Portaria nº 371, de 07 de Março de 2008.

“Art. 4º - O Colégio Eleitoral será composto pelos servidores ativos permanentes, docentes e técnico-administrativos em educação, bem como, alunos a partir do 8º ano, inclusive, e os responsáveis legais pelos alunos do 1º ao 7º ano do Ensino Fundamental.”


Sobre a Paridade e Ponderação dos votos.

“Art.7º - Em todos os casos prevalecerá o voto secreto e uninominal, observando-se o peso de dois terços para a manifestação dos servidores e de um terço para a manifestação dos corpos discentes/pais e/ou responsáveis, em relação ao total do universo consultado.

Parágrafo Único – Para os fins do disposto neste artigo, conta-se de forma paritária e conjunta os votos de docentes e de técnico-administrativos em educação.”



Senhores e senhoras, como vocês podem verificar com bastante tranqüilidade, houve um RETROCESSO em todo o processo que antecede a Consulta. Assuntos que antes foram democraticamente discutidos dentro da Comissão Eleitoral de 2003, hoje, são decididas dentro de gabinete.

Veja a conclusão que chegamos após comparar os dois processos, o de 2003 e o de hoje, de 2008.


Sobre os alunos.

A discussão e deliberação sobre o Colégio Eleitoral, paridade e ponderação dos votos, deveria ter sido realizada através da Comissão Eleitoral, e não atribuída através de Portaria do Diretor.

Esta atitude foi um RETROCESSO, foi um atentado à democracia que conquistamos quando da consulta em 2003.


Sobre os pais, mães e responsáveis.

A discussão e deliberação sobre o Colégio Eleitoral, paridade e ponderação dos votos, deveria ter sido realizada através da Comissão Eleitoral, e não atribuída através de Portaria do Diretor.

Esta atitude foi um RETROCESSO, foi um atentado à democracia que conquistamos quando da consulta em 2003.


Sobre os Aposentados do Colégio Pedro II.

A palavra mais adequada é CERCEAMENTO COMPLETO A PARTICIPAÇÃO.


Enquanto o nosso país cria leis para garantir os direitos dos aposentados, para que eles tenham possibilidade de melhorar suas vidas, ....... em um determinado gabinete, alguns poucos discutiam e deliberavam pela NÃO PARTICIPAÇÃO dos aposentados à consulta para Diretor (a) Geral do Colégio Pedro II, ANO 2008.

É uma vergonha.

Mas e os docentes e os técnicos-administrativos ????? O que ficou resolvido??

Não há restrições, quanto a paridade e ponderação dos votos, estes, SÃO IGUAIS, ou seja, dois terços para cada um.



Bem, estaremos ao longo de todo o processo, levantando novas discussões.


Um abraço.

Ribamar.

**********************************************************

ATULIZADO EM 05/04/2008 - ás 18:26


Rio, 05/04/2008.


Boa tarde a todos.


Estamos disponibilizando novas considerações sobre as discussões e deliberações mas relevantes que aconteceram e que estão ocorrendo na Comissão Eleitoral do Colégio Pedro II.


COMISSÃO ELEITORAL e SUAS DELIBERAÇOES QUE VIOLARAM O PROCESSO DE CONSULTA, ESTABELECIDO PELA PORTARIA Nº 371 DE 07 DE MARÇO DE 2008.



Na 3ª reunião da comissão eleitoral, quando da apresentação da proposta de calendário, contendo a 2º turno, apresentada pelo sr. Luiz Paulo Souza, representante do Sindscope. Após as considerações em contrário a proposta feita pela profª Anna Cristina, a presidente da comissão, profª Márcia Maretti, sugeriu que fosse feito a discussão sobre o nº de turnos da consulta e que ela seria encaminhada ao diretor geral para tal fim.

Por consenso de todos os membros da comissão eleitoral presentes a reunião, foi aprovado o encaminhamento proposto pela profª Márcia Maretti.

É importante frisar que numa discussão, havendo consenso entre todos os membros, a proposta está aprovada.


Na 4ª reunião, foi discutida a proposta do 2º turno, esta, foi aprovada com 3 votos a favor: profª Márcia Maretti, representante da ADCPII, sr. Luiz Paulo Souza, representante do Sindscope e da aluna Diana, representante dos Gêmios.

E duas abstenções: profª Anna Cristina, representante da DG e do sr. Josmar, representante dos pais com as respectivas declarações do voto, a saber:

Declaração de voto da profª Anna Cristina

“Declarou seu voto, por não concordar com a interpretação apresentada pelos representantes da ADCPII , do Sindscope e dos Grêmios, com relação ao poder decisório atribuído à Comissão Eleitoral e pelo fato de na reunião anterior, cuja ata foi aprovada no início da atual reunião, ter sido decidido que essa discussão seria travada na Comissão Eleitoral e por ela encaminhada ao sr. Diretor Geral, o que não ocorreu.”

Declaração de voto do sr Josmar:

“Que é contrário a existência do 2º turno em função da configuração atual”.


Senhores e senhoras, é muito sério o que aconteceu sobre a questão do 2º turno.


Outro ponto importantíssimo foi a discussão sobre o CALENDÁRIO.

Antes, importante observar aqui a constante preocupação de membros da comissão eleitoral de manter o calendário eleitoral dentro do que foi estabelecido pela Portaria nº 371/2008, em seu parágrafo 3ª do artigo 2º, veja o que diz o parágrafo.

“A campanha e a votação do processo de escolha dar-se-a no prazo mínimo de 30(trinta) dias e no máximo de 50(cinqüenta) dias.”


Mais uma vez lembramos que a questão do 2º turno, foi trazido pelo sr. Luiz Paulo de Souza, representande do Sindscope e, sua aprovação deu-se com os votos a favor de seu representante, da representante dos Grêmios e da representante da ADCPII. (ver ATA nº4).

Pois bem, nesta mesma reunião de nº 4, ficou decidido para efeito de CALENDÁRIO.

a) Serão contados dias letivos e não dias corridos e nem dias úteis.

b) A apuração, os recursos e respectivas homologações, serão incluidas no processo de votação.

Também foi apresentada uma proposta de CALENDÁRIO, com início do processo para o dia 26/03, com término para o dia 10/06/2008.


Neste instante a Comissão Eleitoral percebe que o CALENDÁRIO proposto, atende plenamente o 1º turno, ou seja, estaria em conformidade com o que diz a Portaria 371/2008 em seu 3º parágrafo do artigo 2º, como também em conformidade ao que foi decidido pela Comissão Eleitoral sobre contar apenas os dias letivos. Neste cenário, o 1º turno somaria exatos 30(trinta) dias letivos.

Entretanto, somando-se o 1º e 2º turnos, também incluídos os dias para apuração e recursos, o prazo de 50(cinqüenta) dias, seria ultrapassado, ferindo assim o que determina a Portaria nº 371/2008 em seu 3º parágrafo do artigo 2º.

Então, diante do impasse, a comissão decidiu retomar a discussão na reunião seguinte (ver ATA 4º).

N 5ª reunião, quando da retomada da discussão sobre o CALENDÁRIO, a profª Anna Cristina e o sr. Josmar, representantes da DG e dos pais respectivamente, propuseram que se fizesse um único turno, com a utilização de urnas eletrônicas o que caberia no prazo da Portaria nº 371/2008, para a realização da campanha e votação.

Porém, mesmo cientes que o CALENDÁRIO proposto, estava ferindo, estava contrário, estava violando ao que determinava o 3º parágrafo do artigo 2º da Portaria nº 371/2008, a profª Márcia Maretti, representante da ADCPII e o sr. Luiz Paulo, representante do Sindscope, mantiveram suas opiniões e posições sobre a manutenção do 2º turno.

Mas discussões foram realizadas e, mais uma vez a profª Anna Cristina manifesta-se contrária a organização conforme o CALENDÁRIO proposto. Como não houve consenso, o assunto mais uma vez é remetido para a próxima reunião.

Obs.: A aluna Diana, representante dos Grêmios, não compareceu a reunião, assim como seu suplente.


N 6ª reunião a profª Márcia Maretti, presidente da comissão eleitoral, apresenta um novo CALENDÁRIO, este com algumas alterações sugeridas pelo sr. Luiz Paulo, representante do Sindscope.


Este nova proposta de CALENDÁRIO, passaria ter seu início de processo no dia 27/03 e seu término no dia 14/06.

Portanto, mantendo assim, a violação ao 3º parágrafo do artigo 2º da Portaria nº 371/2008.

Realizamos a contagem dos dias letivos constantes na proposta de CALENDÁRIO, e obtivemos 58 dias.

Por fim, o CALENDÁRIO apresentado, foi aprovado com os seguintes votos a favor:

Profª Márcia Maretti, representante da ADCPII, do sr. Luiz Paulo, representante do Sindscope e da aluna Diana, representante dos Grêmios.

Votos contrários:

Profª Anna Cristina, representante da DG e do sr. Josmar, representante dos pais.


Conclusão:

Foi aprovado um calendário que VIOLOU o 3º parágrafo do artigo 2º da Portaria nº 371/2008 e, também violou o artigo 1º do regimento interno da Comissão Eleitoral.


“A campanha e a votação do processo de escolha dar-se-á no prazo mínimo de 30(trinta) dias e no máximo de 50(cinqüenta) dias.”

“A Comissão Eleitoral do Colégio Pedro II é responsável por normatizar, organizar e fiscalizar o processo eleitoral para provimento do cargo de Diretor Geral dessa IFE, de acordo com a Portaria nº 371 de 07 de março de 2008.”



Na 8ª reunião da comissão eleitoral, realizada no dia 28/03/2008, prazo final dado à comissão eleitoral para divulgação do cronograma do processo de escolha, conforme estabelece o 2º parágrafo do artigo 2º da Portaria de nº 371/2008.


ESTÁ DIVULGAÇÃO NÃO OCORREU NO PRAZO ESTABELECIDO.


“A Comissão Eleitoral tem prazo de até 21(vinte e um) dias, a contar da publicação desta Portaria, para se instalar, defini e divulgar o cronograma do processo de escolha”.

“A Comissão Eleitoral do Colégio Pedro II é responsável por normatizar, organizar e fiscalizar o processo eleitoral para provimento do cargo de Diretor Geral dessa IFE, de acordo com a Portaria nº 371 de 07 de março de 2008.”


Portanto, mais uma vez a comissão eleitoral infringiu normais claras de conduta do processo de consulta.


No momento são estes os fatos, tão logo tenhamos outros documentos emitidos e aprovados pela comissão eleitoral, os disponibilizaremos e faremos as avaliações.

*************************************************************

ATUALIZADO em 06/04/2008.

Situação muito estranha e preocupante o que ocorreu na comissão eleitoral , com relação a aprovação de documentos, aprovação de sua publicação, quem os assinou e as datas da emissão desses documentos.

Vamos aos fatos, antes, cabe alguns importantes esclarecimentos:

1º - Não existe nenhum documento emitido, seja pelo Diretor Geral ou mesmo pela Comissão Eleitoral, que ofereça a presidente da Comissão Eleitoral poderes de divulgar qualquer documento da Comissão Eleitoral.

2º - Conforme Normas de Funcionamento da Comissão Eleitoral de 2008, em seu parágrafo 2º, item I do Art1º, assim diz: “ São atribuições da Comissão Eleitoral:

I) Divulgar o resultado de seus trabalhos nas Unidades Escolares.

Portanto, compete única e exclusivamente a Comissão Eleitoral, divulgar documentos que tenham sidos previamente aprovados pela Comissão Eleitoral.


Agora vamos aos fatos.

O Calendário:

Como já mencionado acima, o calendário fora aprovado pela comissão eleitoral no dia 26/03/2008 (ver ATA nº 6ª). Nesta mesma reunião, foi aprovado que uma nova reunião seria realizada no dia seguinte, ou seja, dia 27/03/2008, às 10h.

Ponto importantíssimo lembrar:

Conforme aprovado nas Normas de Funcionamento da Comissão Eleitoral de 2008, todas as deliberações ocorridas nas reuniões da Comissão Eleitoral, somente são válidas, depois de lidas e aprovadas nas reuniões subseqüentes. Assim está definido no parágrafo 2º do art.3º da referida Norma de Funcionamento da Comissão Eleitoral 2008.

Continuando....

A Reunião de nº 7, aconteceu, conforme agendado, ou seja, na 5ª feira, dia 27/03/2008, nesta reunião não foi lida a ATA referente a 6ª reunião, exatamente aquela que constava aprovação do Calendário. Portanto, todas as deliberações ocorridas ainda não estavam aprovadas.


Nesta reunião de nº8, acontecida no dia 28/03/2008, 6ª feira, último dia para apresentação do cronograma do processo de escolha,nesta, também não foram lidas para aprovação as ATAs de nº 6 e de nº 7. Portanto suas deliberações não tinham validade e por conseguinte não poderiam ser divulgadas à comunidade pela Comissão Eleitoral.

Neste importante algo estranho à comissão eleitoral se apresenta. Veja o que aconteceu na reunião....

A presidente da Comissão Eleitoral, a profª Márcia Maretti, relata algo muito estranho, pois informa que “As entidades apresentaram a vontade de divulgar o documento, mesmo que a Comissão Eleitoral não tivesse feito oficialmente essa divulgação”. O SINDSCOPE já teria, inclusive, feito informes sobre o CALENDÁRIO na assembléia anterior.”

Ocorreram várias discussões sem sucesso para se alcançar o consenso, portanto, deveria ocorrer votação para aprovar ou não a divulgação do documento sobre o CALENDÁRIO DE CONSULTA.

Outro ponto muito estranho é sobre o teor da resolução 001/2008, emitida pela presidente da Comissão Eleitoral Márcia Maretti.

1º - Já no início está escrito: “A Presidente da Comissão Eleitoral, no uso das atribuições que lhe confere o Art. 1o da Portaria nº 371 de 7 de março de 2008”

Foi um equívoco inaceitável da presidente da Comissão Eleitoral, pois, não é prerrogativa da sra. Márcia Maretti, a emissão de documentos da Comissão Eleitoral.

Esta atribuição compete apenas e exclusivamente a Comissão Eleitoral, conforme Normas e Funcionamento da Comissão Eleitoral, em seu parágrafo 2º item ; e quando lidas e aprovadas nas reuniões subseqüentes, conforme estabelee na mesma Normas de Funcionamento, descrito no parágrafo 2º do art.3º.

2º - O Calendário divulgado pela presidente da Comissão Eleitoral, a profª Márcia Maretti, a revelia da Comissão Eleitoral, não é o mesmo que fora discutido e deliberado na 6ª reunião, que ocorreu no dia 26/03/2008.

3º - A data de emissão do documento, informada na resolução 001/2008, é do dia 27/03/2008.


4º - Por fim, quem apresenta como emissor da resolução 001/2008, é a presidente da Comissão Eleitoral, profª Márcia Maretti, que coloca seu nome ao final do documento.

Mais um equívoco da presidente da Comissão Eleitoral, pois, esta atribuição é exclusiva da Comissão Eleitoral.


Algumas perguntas que precisam ser respondidas pela presidente da Comissão Eleitoral 2008, profª Márcia Maretti.

1ª – Por que a presidente emitiu a resolução 001/2008, descrevendo um Calendário que não fora aprovado ?

2ª – Por que ao emitir a resolução de 001/2008, informou outro Calendário???

3ª – Por que colocou seu nome como emissor da resolução 001/2008, quando sabia que esta atribuição era da Comissão Eleitoral??


Foi mera coincidência!!!!!!!! Foi um Copie e Cola com algumas alterações.!!!!!!!

Qual o verdadeiro motivo que levou a presidente da Comissão Eleitoral cometer o absurdo do equívoco ao emitir a revelia da Comissão Eleitoral a resolução 001/2008.

Veja o que descobrimos.

Na eleição passada, ocorrida em 2003, a profª Márcia Maretti, também era presidente da Comissão Eleitoral. Todas as resoluções emitidas, apresentaram a seguinte redação em seu início:

Eleição 2003: “A presidente da Comissão Eleitoral, no uso das atribuições que lhe confere o art. 1º da Resolução nº....”


Agora veja a redação da resolução 001/2008, emitida pela profª Márcia Maretti.

Eleição 2008: “A Presidente da Comissão Eleitoral, no uso das atribuições
que lhe confere o Art. 1º da Portaria.......”

São idênticas, até parece que foi copiada e colocada apressadamente de documento da eleição de 2003.



Resoluções 001, 002 e 003 de 2008.

Todas apresentam equívocos em seu início, pois, descrevem que é atribuição da presidente da Comissão Eleitoral conforme a Portaria nº 371 de Março de 2008.

Não é correto está afirmação, pois, o correto é afirmar que é uma atribuição da Comissão Eleitoral, conforme Normas de Funcionamento da Comissão Eleitoral 2008.


Resoluções 002 e 003/2008.


Diferentemente da resolução 001/2008, estas, estão corretamente grifadas como emitidas pela Comissão Eleitoral.


Um abraço.

Ribamar.



32 comentários:

J. Carlos disse...

J. Carlos,

Alguem sabe a colocação do Colegio Pedro II no ENEM 2007?

uma vergonhaaaaaaaaa

Anderson - pai de aluno EN disse...

Respondendo a pergunta do J. Carlos, acessem o site abaixo...lá estará a resposta. LAMENTAVEL!

http://oglobo.globo.com/educacao/mat/2008/04/05/enem_pedro_ii_foi_pior_entre_federais-426705746.asp

Anônimo disse...

Olá Ribamar, sugiro abertura de uma discussão exclusiva sobre o ENEM, gostaria de discutir este ponto em separado. Ponto tão importante quanto a consulta para Diretor Geral que vem a influir no ENEM. Não posso deixar de me indignar com o retrocesso no processo eleitoral de 2008, simplesmente os pais foram excluídos pois dão muito trabalho e este segmento faz a comunidade pensar no papel de cada um.Para ADCPII e SINDSCOPE é muito fácil "puxar" os Grêmios (alunos) nas votações sem que eles tenham ouvido suas bases.Eu que participei ativamente em 2003, e sei como tivemos que engolir tantos sapos, vejo essa "mutretagem" tão bem explanada por vc aqui no blog. Atenção pais não vemos perder o espaço tão duramente conquistados por nós na última consulta. Deixo no ar uma pergunta ou várias : consulta é eleição? Pode ter 2 turnos? Isso pode ser decidido pela Comissão Eleitoral? Vide artigo 1º da Port. 371/2008.
Vamos nos mexer!!!!!
Lilian Bastos

J. Carlos disse...

Olhem o resultado do Cap-UFRJ no ENEM 2007. Esta Instituição esta instalada em um predio doado, nao possui instalações e conforto como o Pedro II. Porem seu desempenho deu um banho..onde esta o merito? Pq o Pedro II nao teve um bom desempenho..temos que descutir!

Cap UFRJ:
1o lugar - Entre as escolas públicas do Brasil na média entre Redação e Prova Objetiva.

1o lugar - Entre as escolas públicas do Rio de Janeiro.

7o lugar - No raking geral pela média corrigida (por número de alunos)

J . Carlos disse...

Será que no Cap UFRJ:

- há greves de quase 100 dias?
- há falta de professores?
- os professores tiram licensas aleatorias e faltam qdo querem?

Anônimo disse...

Sabe qual é a diferença entre o CAP da UFRJ e o Pedro II é que o CAP faz "política de educação" e o PEDRO II nos últimos anos vem fazendo "política com a educação", dentro do Colégio, nos grêmios, dentro das salas de aula, totalmente partidários antes PT agora o que tiver ganhando ou dando o dinheiro e prestígio para sindicalista. Vide o absurdo que é um sindicato dentro de uma unidade (São Cristovão)mandando e desmandando, só pensando em salários, salários, direitos e mais direitos, elegendo diretores, afastando pais que não concordamcom essa situação, elegendo deputados(vide Willan Campos) às custas dos alunos que entram no Colégio.Passamos da indicação para a imposição de um sindscope prepotente, ditador,radical,manipulador, que só pensa nos "pobres coitados dos funcionários federais" que ganham tão pouco.E ainda tem pais que dão $ para manter isso. O Colégio só não caiu de vez porque ainda existem uns poucos professores que independente de credo, raça, partido político continuam ensinando de forma democrática ou simplesmente ensinando...Obrigada à esses professores!!!

Anônimo disse...

Boa Noite Ribamar se puder me responda: Onde está a Gestão democrática do Colégio que não vê isso que está acontecendo???Enquanto os políticos do nosso país são obrigados pelo povo a serem cada vez mais transparentes para se manterem ativos no congresso(processo democrático), no Colégio Pedro II as tomadas de decisões são a portas fechadas e a prestação de contas não existe!O que mais interessa é a politicagem e o que menos interessa é a educação. Uma vergonha!!!

Luciana disse...

Desculpa, mais um vez vou ter que falar bem da unidade Engenho Novo, minhas filhas estão estudando muito, o curso integrado de informática é duas vezes na semana em quase horário integral com o colégio, professores passam trabalhos de provas de vestibular de concursos antigos de faculdades federais diversas e elas estão apreensivas, pois com quantidade de matéria, não sabem o que vão esperar das provas.
Quanto a eleição tem pretendente a diretor, com d minúsculo, propondo que as médias baixem para 6,0, logo ele não presta.

Anônimo disse...

Inclusive entre as Unidades do Colégio Pedro II que participaram do último ENEM,a Unidade do ENGENHO NOVO foi a que ficou em ultimo lugar sendo assim Luciana não entendo como os alunos estão indo bem. Deve ser bem mal!!!Mas concordamos quanto a escolha de candidato à diretor com d minúsculo que quer abaixar a média para 6, aí mesmo que vai tudo por água abaixo...

Luciana disse...

Eu vi essa colocação, mas não depende só do professor, conheço muitos alunos que não qurem nada, o perfil da unidade, em relação aos alunos, tb deveria ser levado em conta.
Muitos alunos precisam encarar um trabalho ao término do ensino médio e com isso não há interesse em vetibular, mas conheçlo muitos que cnseguiram vagas em faculdades públicas, mas tivera retaguarda em casa para aguentar o tranc.
Minhas filhas um no 1º e outra no 9º estão estudando muito, estão indo todos os dias pela manhã e retornam à noite.
O Dimuro, claro que gosto dele, mas ele dá uma estrutura que mantém alunos dos dois turnos dentro do colégio sem problemas, usando a biblioteca, usando computadores, enfim, nada a falar, só elogios.

Anônimo disse...

Parabéns a todos os alunos do CAp-UFRJ, corpo docente e equipe administrativa pelo excelente desempenho no ENEM 2007!

1o lugar - Entre as escolas públicas do Brasil na média entre Redação e Prova Objetiva.

1o lugar - Entre as escolas públicas do Rio de Janeiro.

7o lugar - No ranking geral pela média corrigida (por número de alunos)

Os resultados podem ser consultados na página do INEP (http://mediasenem.inep.gov.br/desempenho.php)

Anônimo disse...

Colégio Pedro II: o pior entre as Federais.

A unidade CENTRO foi a que obteve a melhor colocação: 19o lugar!

Anônimo disse...

Para Ana Cristina Fonseca, secretária de ensino fundamental, este resultado é normal e já se repete a vários anos!

BRINCADEIRAAAAAAAAAAAA !

Anônimo disse...

Esse anônimo deveria colocar o nome, porque ele pode ser várias pessoas, que gostam de entrar aqui somente para pixar.
Vivemos em uma democracia e as opiniões precisam ser expostas e aceitas, nem sempre são bem aceitas, mas...
Vai anônimo, se revele!!!!

Luciana disse...

Fui eu quem escreveu sobre o anônimo, me empolguei e squeci de escrever o meu nome.
quadno o Everardo vai fazer palestra?
Podemos fazer perguntas?
Existe em algum lugar as propostas de cada um por escrito e assinada por eles?

J. Carlos - pai de aluno EN disse...

Não entendi nada!!!

Um anonimo criticando outro.
Antes de criticar o outro anonimo, dê o exemplo e revele seu nome também!

Anônimo disse...

Sou mãe de aluna na Unidade tijuca II,e gostaria de saber: O candidado a eleição de Diretor Geral o Sr. Everardo Cantarino não se apresentou, não falou nada, quem ele é, o que ele faz ou fez, alguém sabe me informar quem é essa pessoa?

Luciana da Cunha disse...

Nossa como essa mãe anônima é anônima mesmo!!
Você nunca foi nas assembléias, não sabe o que é sindscope?
Bom, se qiser saber procure o sindiscope na unidade São Cristovão e como o Everardo, não entro mesmo, peço qe voc~e procure saber quem é o Everardo, pois ainda vai ouvir muito falar nele.
É boa pessoa, pena que está sempre por tras das greves.

Anônimo disse...

O Everardo é o candidato do Sindscop ou seja é o Sindicato querendo mais poder através do cargo de diretor do Colégio.O candidato pode até ser uma boa pessoa mas qual é a sua proposta de trabalho??? Existe? Onde está?
Porque não se mostra como candidato???
Quanto ao meu anonimato no blog não sou candidato a nada, apenas um pai e a democracia garante o anonimato de todos aqueles que como eu não desejam se expor. Luciana aprenda a discutir idéias!!!

Anônimo disse...

Que pena todos continuam qurendo apenas bater boca, por isso não chegamos a nenhum lugar.
Acho que deveríamos discutir mais com o sindicato, ter mais acesso a eles, muitas vezes até acho melhor nos aliar a eles, para que tenham mais força, porque sózinhos tb nada arrumam, a não ser greves.
Discutir com anônimo e difícil, porque não sei sua verdadeira razão para aparecer por aqui.
Na hora da assembléia fica sempre meia dúzia de gatos pingados a implorar ao sindiscope para que retomem negociações a acabem com a greve.
quanto anos cadastrar, so se for na marra, porque nas unidades o cadastramaneto acabou e na marra não vou fazer.
Pena que não fiz antes.
Um abraço a todos.

Anônimo disse...

Caramba!!!

Parece que vivemos numa ditadura, ou na inquisição! Ou será mera covardia?
Porque as pessoas entram como " anonimo"? Porque o medo de revelar a identidade.É por isso que este colégio não vai pra frente.
Existem muitos "ratos" pra pouco "queijo"!

João Carlos - Pai de Aluno da Unidade EN

Luciana da Cunha disse...

não sei porque meu nome não saiu no comentário nº 20

Anônimo disse...

Ribamar você é muito fanfarrão mesmo, você é um 02 PEDE PRA SAIR !!!

aprende a ler direito, a portaria 371/08 é muito clara e em vez de ficar brigando por pai estar representando alunos até o sétimo ano, brigue pelo direito dos Pais e responsaveis votarem.

Art. 2º - A condução do processo de escolha "pela comunidade escolar" a que se refere o art. 1º ....

pare de tumultuar o ambiente e vai trabalhar

Anônimo disse...

E aí seu fanfarrão
voce vai continuar induzindos essa meia duzia de pais desavisados a pensarem errado, para voce conseguir aparecer ?

porque voce nao incentivou os pais que fazem parte da "comunidade escolar" como diz a portaria 371/08 que foi publicada no inicio do ano, a reclamar os seus direitos, e terem direito a voto ao invez de ficar alardeando que houve um retrocesso no processo democratico, e so agora fica batendo na tecla do recadastramento, que no bem da verdade nao deveria ter acontecido, mas eu nao lembro do SR 02, mencionar, ou juntar os pais desavisados que ainda acreditam no que ele fala, ir reclamar desse absurdo.

Em vez de ficar se escondendo atras desse BLOG fajuto que voce diz que é das APAS, mas não tem nenhuma APA participando e muito menos apoiando.

falando em APA seu filho esta na unidade tijuca, la nao tem APA, porque voce nao mostra a cara e serviço e reabre a APA tijuca ????

pais desavisados (1)
perguntem as pessoas a verdade sobre o fechamento da APA da unidade tijuca e a participação desse fanfarrão nos ultimos dias daquela APA, esse SR 02 adora ver o circo pegar fogo para poder aparecer.

pais desavisados (2)
a nota do CPII no ENEM não é das piores, o que voces precisam lembrar, é que essa nota é uma media geral de todos os alunos da instituiçao, e comparar a media de uma escola com mais de 5 mil alunos com um colegio que tem somente 100 alunos é impraticavel!!!!!!!!!!

e então SR 02 deixe de se covarde e saia da sombra das pessoas que querem o melhor para os seus filhos dentro dessa instituição que ainda se destaca no cenario do ensino publico.

Anônimo disse...

a culpa dessas greves são de vocês, que acham que professor é um pobre coitado.

na próxima paralizção, junte-se e processem os professores, entrem na justiça federal, peçam o desconto em folha dos dias parados, assim essa categoria se move e põem aquela corja do sindscope para trabalhar de verdade.

e nosssos filhos voltarão a ter aulas normalmente

João Carlos - Pai de Aluno da Unidade EN

Pai de Aluno da Unidade EN disse...

Queria avisar que o comentário acima não é meu!!
Deve ser de um FDP que não tem coragem de aparecer!
Seja HOMEM e assuma o q vc fala..não use o nome dos outros..isso é crime!!!
Cambada de RATOS!!!

João Carlos disse...

Repetindo a mensagem anterior para ficar mais claro:

Queria avisar que o comentário acima não é meu!!
Deve ser de um FDP que não tem coragem de aparecer!
Seja HOMEM e assuma o q vc fala..não use o nome dos outros..isso é crime!!!
Cambada de RATOS!!!

João Carlos - Pai de Aluno da Unidade EN

Anônimo disse...

Muito triste tudo isso!!!
O sindicato se une, os professores se unem e nós pais ficamos aqui, precisando de um espaço, não para brigar, mas realmente para criar um ambeinte de apoio, de interesse mútuo e o empenho para que uma melhora realmente aconteça, é impossível.
Sabe porque as APAS não participa, porque cada uma tem interesse próprio, vaidade e não há interesse de juntar unidades, pais e interesse comum é a última coisa, que faz parte da APA.
Não tenho o que falar da APA do EN, porque a unidade está mito bem, nossos filhos estão recebendo aparelhos de ar em todas as salas, o colégio é muito organizado, mas quanto as outras nada sei.
Nossos filhos têm várias aulas de apoio, claro que tenho reclamações, mas essas faço pessoalmente, porque não adianta expôr aqui.
Por favor, isso não é um ringue.

Luciana disse...

meu nome novamente não saiu.

Anônimo disse...

Ai responsáveis.

Me contaram....

Sindscope e ADCPII....

Novamente VICE na consulta para Diretor Geral do Colégio Pedro II.

Perderam em 2003 e perderam novamente agora de 2008.

A profª Vera Maria deu uma surra neles.

Agora foi a Vera..... ahahahahahah..

Anônimo disse...

Deu na boca maldita.

Sindscope e ADCPII, não querem mais que a professora Márcia Maretti concorra a mais nada na futura eleição para Diretor Geral do CP2, acham que ela dá azar, pois já são dois VICE para eleição de Diretor Geral, com ela a frente da Comissão Eleitoral.

Sai pra lá mandinga....

Luciana disse...

Você deveria divulgar mais o blog e convidar os pais para reuniões trimestrais para que pontos fracos dos nossos filhos e do clégio fossem apontados e juntos pudéssemos fazer alguma coisa para ajudar ambas as partes.
As apas deveriam fazer reuniões com os pais, porque ficam perdidas dentro do colégio e poucos pais sabem que existem ou para que servem.
É uma pena, porque o objetivo é muito bom, apesar de não serem alançados, muitas vezes.
Esse blog fica com meia dúzia de pais falando e geralmente são anônimos.